Novas tecnologias digitais vs Editoração impressa de textos

Quando falamos em tecnologias digitais e materiais impressos, podemos analisar em duas partes, de um lado o avanço tecnológico constante que cresce assustadoramente e de outro lado a ameaça de extinção dos livros e mídias impressas frente ao texto digital, em ambos os casos podemos citar pontos positivos e negativos, porem quero explicar a essência e importância dos livros e da tecnologia em relação às mudanças e o desenvolvimento humano.
Como dizia cazuza em sua música “o tempo não para” e a tecnologia não para de crescer e evoluir constantemente a ponto de mudar o nosso modo de viver, mas nenhuma das tecnologias cresceu tanto quanto a internet e, sobretudo ela mudou nossa forma de lidar com a informação através da internet podemos ter acesso as mais diversas informações, mas o mais incrível é a velocidade com que a informação chega atravessando continentes em segundos, esta é uma das muitas vantagens de um veículo de comunicação digital tem sobre um veículo de comunicação editorial impresso mas o fato mais interessante de se analisar é a via de mão dupla que a informação faz, quando o internauta acessa a informação ele sente a necessidade de se comunicar, de mostrar sua opinião, de perguntar ou de simplesmente se fazer presente voltamos um pouco ao passado e lembramos que isto já existia, muitas revistas colocavam em suas páginas finais as cartas dos leitores “ainda existe com e-mails dos leitores” mas isto sempre era e é algo demorado só era exibido na próxima edição e se fosse selecionado pelos redatores. Um dos motivos responsáveis pelo crescimento da internet sem dúvida são os blogs, pessoas comuns não famosas, mostrando fotos, fatos e opiniões, e pessoas comuns respondendo com suas opiniões nos comentários, fóruns de discussões e sites de relacionamento, formam uma internet dinâmica com conteúdo sendo produzido a todo o momento em uma via de mão dupla este conceito foi caracterizado como web 2.0 (termo muito discutido formando opiniões contrárias).
Em contrapartida nos questionamos qual será o destinos dos livros, se com tudo isto a informação evolui no mesmo sentido o conhecimento também segue seu trajeto na mesma estrada, uma das formas mais extraordinárias de extrair conhecimento são os livros, e afirmo que isto não mudará, o que já está mudando são os livros que estão se transformando em e-books assim como nossa carta passou pra era digital e se transformou no correio eletrônico (eletronic mail – e-mail) os nossos livros também estão se transformando nos livros eletrônicos (eletronic book – e-book), e com isto os meios de produção dos livros impressos também terão que evoluir, os ebooks assim como os livros impressos tem a mesmas características no ponto de vista de produção, é produzido por um autor e distribuído por uma editora, portando possui direitos autorais não pode fazer cópias, alterar, plagiar, distribuir ou comercializar de nenhuma forma, sem autorização do autor, porem não precisa de uma empresa gráfica para produzir o livro e muito menos de empresa de logística ou correios para entregar o produto, enquanto que um e-book pode ser entregue para o consumidor em apenas alguns minutos, através da internet, segundo o site www.realinstitutoelcano.org o custo de um livro pode cair até 80% com a utilização desta tecnologia.
A portabilidade também é uma grande vantagem, pois um livro pode ser levado para qualquer lugar dentro de um pen-drive ou um cartão de memória ou qualquer dispositivo de armazenamento móvel e ser visualizado através de aparelhos celulares, iphones e ipeds, PocketPCs, WinCE, Palm, computadores e etc, e aproveitar os confortos que a tecnologia te dá usar um marcador de página digital, aumentar o tamanho da letra e fazer anotações (sem rasurar o livro). Com certeza os livros impressos não vão acabar de uma hora pra outra mas as empresas deste ramo precisam evoluir depressa afinal o tempo não para.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>